PROJETO DE ACESSO VERTICAL (ANDAIMES) - NR5

O QUE É NR5?
No Brasil uma das principais causas de acidentes de trabalho é o trabalho em altura, por isso a Norma Regulamentadora 35 estabelece regras para a redução do número de acidentes definindo requisitos mínimos de segurança e procedimentos que garantam a segurança dos trabalhadores. As empresas tem a obrigação de implementar as medidas de proteção estabelecidas pela NR 35, além de oferecer EPI (Equipamento de Proteção Individual) e EPC (Equipamento de Proteção Coletiva) e promover a capacitação dos seus trabalhadores que realizam trabalho em altura, lembrando que é considerado trabalho em altura qualquer atividade executada acima de dois metros de altura do nível inferior.

COMO É O TREINAMENTO NR5?
Elaboramos o treinamento de trabalho em altura com um conteúdo programático que engloba as normas e regulamentos aplicáveis a NR35, incluindo atividades teóricas e práticas. O treinamento para trabalho em altura é ministrado por instrutores devidamente capacitados e com a supervisão /pós-atendimento do nosso departamento de qualidade.

Abaixo o conteúdo programático de acordo com a NR 35:

Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura Análise de risco e condições impeditivas; Riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de proteção e controle; Sistemas, equipamentos e procedimentos de proteção coletiva; EPIs -Equipamentos de proteção individual para trabalho em altura: seleção, inspeção, conservação e limitação de uso; Acidentes típicos em trabalho em altura; Condutas em situações de emergência, incluindo noções técnicas de resgate e de primeiros socorros.
APROVAÇÃO DO CORPO DE BOMBEIROS
Todas as edificações e áreas de risco por ocasião da construção, da reforma ou ampliação, regularização e mudança de ocupação, necessitam de aprovação no Corpo de Bombeiros SP, com exceção das residências onde só more uma família.

O AVCB é um documento oficial, emitido pelo Corpo de Bombeiros de SP da Polícia Militar, sendo um dos principais requisitos para se obter a Licença de Funcionamento dos estabelecimentos.

OBJETIVOS
A exigência deste documento se justifica em função dos seguintes objetivos:

Proteger a vida dos ocupantes das edificações e áreas de risco, em caso de incêndio; Dificultar a propagação do incêndio, reduzindo danos ao meio ambiente e ao patrimônio; Proporcionar meios de controle e extinção do incêndio; Dar condições de acesso para as operações do Corpo de Bombeiros. Este documento é obrigatório por lei para prédios comerciais, industriais e até residenciais de determinado porte. Normalmente é um dos primeiros documentos que as companhias de seguro verificam antes de fecharem um contrato ou os órgãos de fiscalização antes de licenciarem um negócio, é solicitado ainda em caso de sinistros no imóvel para efeitos de processo.

PROCESSO PARA OBTER AVCB
Conseguir um AVCB depende de alguns requisitos, primeiro é montado um "Projeto de Segurança Contra Incêndio" onde constam todas as medidas de situação de emergência que o imóvel terá, incluindo luzes de emergência, portas corta fogo, extintores, sinalização de saídas de emergência entre outros.

Existem Normas e Instruções Técnicas, Decretos, Leis Municipais, Estaduais e outras legislações que são específicas para cada localidade, por isto aconselhamos o interessado a contratar profissionais qualificados e experientes para elaboração do projeto e orientação quanto à obtenção e renovação periódica do AVCB, que será emitido após vistoria e aprovação do Serviço local de Segurança contra incêndio.

VALIDADE DO AVCB
A validade do AVCB pode ser de 1, 2 ou até 3 anos, dependendo do uso, da edificação e da legislação local. A não obtenção ou não renovação, após vencimento, pode invalidar apólices de seguro, ocasionar o fechamento do imóvel, gerar multas, entre outras complicações.